Reflorestação da Reserva do Vale Velho após Incêndio
PPL Causas

Reflorestação da Reserva do Vale Velho após Incêndio

Precisamos da sua ajuda na reflorestação da Reserva Etnoecológica do Vale Velho em Folgosinho, que foi queimada no grande incêndio da Serra da Estrela este mês de Agosto.

  • 1924

    angariado

    87% de 2 200€

    54 apoiantes

  • 30/09/2022

    Terminado a

  • Terminado

    Este projecto não conseguiu reunir os apoios necessários.

Precisamos da sua ajuda na reflorestação da Reserva Etnoecológica do Vale Velho em Folgosinho, que foi queimada no grande incêndio da Serra da Estrela este mês de Agosto.

O incêndio da Serra da Estrela foi um dos maiores de sempre em área protegida em Portugal. Queimou desde a Covilhã até Gouveia e, no seu caminho, queimou também a nossa reserva. 

Incêndio na Serra da Estrela junto à reserva

Ao longo dos últimos 4 anos, temos trabalhado arduamente na regeneração da paisagem de montanha, substituindo muito gradualmente as giestas imponentes por prados e zonas abertas para reflorestação, não só com a ajuda preciosa dos nossos vizinhos mas também com a do nosso rebanho de ovelhas Serra da Estrela.

Trabalhos na reserva pré-incêndio

O sonho é desenvolver um projecto de recuperação ambiental e de compatibilização com a agricultura biológica e natureza, através da conversão da paisagem degradada, suscetível aos fogos e com pouca biodiversidade, num mosaico agroflorestal, com pastagens naturais e floresta autóctone.

Rebanho de ovelhas na reserva

Com a reserva queimada, muito se perdeu. O Vale Velho - outrora um local verdejante - transformou-se numa paisagem lunar silenciosa. Porém, não queremos baixar os braços. Mais do que nunca, o nosso desejo é reflorestar esta paisagem e torná-la mais resiliente contra fogos, um santuário para a biodiversidade. 

Plantação de carvalhos pré-incêndio

O sonho é converter a paisagem monótona numa paisagem biodiversa e com floresta autóctone

Com as giestas queimadas, restam imensos troços negros que necessitam de ser removidos para podermos regenerar o solo através da criação de pastagens e de zonas abertas para a reflorestação com espécies autóctones. E é aqui que entra a vossa ajuda preciosa. Com o dinheiro angariado, pretendemos limpar o terreno de modo a semear árvores autóctones. Contamos com a vossa ajuda?

Troços de giesta que precisam de ser removidos

Depois de removidos os troços, poderão começar as sementeiras com espécies autóctones

Sobre o promotor

O meu nome é Ana Teresa Matos e tenho uma grande paixão pela regeneração ecológica e saberes ancestrais. Vivo na Reserva Etnoecológica do Vale Velho com o meu companheiro André Marques, arqueólogo, onde desenvolvemos projectos de reflorestação com ajuda do nosso rebanho. Ao pastarem, as ovelhas ajudam na limpeza do mato e na regeneração de lameiros e prados. Interessa-me a preservação de uma agricultura ancestral, ligada à natureza, e que não recorre a químicos ou indústria.

Ana Teresa Matos junto às Pias na Reserva Etnoecológica do Vale Velho

Lincenciei-me em Biologia e tirei um mestrado em Engenharia Florestal na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Em 2019, troquei a vida da cidade pela do campo e mudei-me para a Serra da Estrela, um local muito especial para mim desde que sou criança. Estudei na Escola de Pastores e na Escola de Queijeiros. Neste momento, vivo o meu sonho de trabalhar no restauro ecológico desta paisagem que me é tão especial.

Podem ler mais sobre o nosso projecto aqui:
https://www.dn.pt/local/plantar-o-futuro-na-serra-da-estrela-13989036.html
https://rr.sapo.pt/2021/03/30/pais/isto-nao-e-telenovela-e-a-vida-da-pas...
https://www.facebook.com/aldeiasmontanha/photos/a.178044258999782/210923... https://www.rtp.pt/play/p8248/e573490/a-nossa-tarde (Parte 1: minuto 27; Parte2: minuto 30; Parte 3: início)

Orçamento e Calendarização

Orçamento:

Queremos começar por limpar 12,5 hectares. Cada hectare demora cerca de 4 horas a limpar com um trator. Cada hora custa 40 euros. Isto dá um total de 50 horas para limpar os 12,5 hectares, ou seja, um custo de 2000 euros.

O restante valor é referente à taxa do PPL.

Calendarização:

  • Trator entre Setembro e Novembro
  • Colheita de sementes em novembro-dezembro
  • Sementeira março-abril
  • Apoia com
    10€ ou mais

    Agradecimento na Página do Projecto

    Com um donativo de 10 euros ou mais, faremos um agradecimento público na página do projecto.

    37 apoiantes

  • Apoia com
    50€ ou mais

    Um agradecimento por escrito

    Com um donativo de 50 euros ou mais, receba uma carta personalizada a agradecer o seu apoio, bem como as recompensas anteriores.

    Envio por correio/transportadora ou entrega em mão
    Portes incluídos (para Portugal)

    13 apoiantes

  • Apoia com
    200€ ou mais

    Visita ao Projecto

    Com um donativo de 200 euros ou mais, receba uma oportunidade de conhecer o projecto em pessoa num dia a definir, bem como as recompensas anteriores.

    Entrega em mão (ver acima)

    2 apoiantes

Ter, 06/12/2022 - 23:31

Seg, 21/11/2022 - 16:32

Nova recolha de bolotas dia 23 e feedback de recolhas anteriores

Dia 23, sábado, vamos apanhar bolotas de carvalho negral na zona de Videmonte a partir das 10h. Quem se quiser juntar pode me contactar até 6af, só precisa de trazer farnel para...

Ler mais

Ter, 15/11/2022 - 15:09

Ação de recolha de bolotas no próximo sábado

Olá a todos! Vamos fazer uma recolha de bolotas de carvalho negral (Quercus pyrenaica) dia 19 às 10h na Vila do Carvalho, o almoço está incluído. Quem quiser participar pode...

Ler mais

Qui, 10/11/2022 - 13:52

Precisamos de bolotas de carvalho negral | Looking for pyrenean

Olá a todos! Estamos na altura da bolota, e temos procurado sítios bons para realizarmos uma apanha em conjunto, com a ajuda de quem quiser participar! O objectivo é recolh...

Ler mais

Qui, 20/10/2022 - 19:05

A campanha terminou e

A campanha terminou e atingimos 87% do objetivo, o que equivale a 11ha que já estão preparados para a reflorestação! Fizemos a gradagem das terras para atrasar a regeneração mat...

Ler mais

Seg, 03/10/2022 - 16:12

Pagamento concluído

Os fundos angariados foram transferidos para o promotor

30/09/2022

Campanha terminou

Não se reuniu a totalidade dos fundos

Seg, 26/09/2022 - 20:37

Recolha de sementss e preparação do terreno para as sementeiras

Olá a todos! Já iniciámos a colheita de sementes, aproveitamos todas as saídas da quinta para colher várias espécies autóctones desta região, de forma a manter o património g...

Ler mais

Sex, 02/09/2022 - 09:41

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Seg, 22/08/2022 - 22:43

Já somos 20

Já chegámos aos primeiros 20 apoiantes. Vamos continuar!

Qui, 18/08/2022 - 16:07

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

17/08/2022

Junta-te a nós para poderes participar nesta campanha. Criar conta

  • Ana Teresa Matos

    Nova recolha de bolotas dia 23 e feedback de recolhas anteriores

    Dia 23, sábado, vamos apanhar bolotas de carvalho negral na zona de Videmonte a partir das 10h. Quem se quiser juntar pode me contactar até 6af, só precisa de trazer farnel para almocarmos no campo e protecção para possíveis chuviscos!

    No passado dia 19 realizámos uma apanha na quinta dos nossos amigos Manuel e Marina, da associação dos Guardiões da Serra da Estrela, em Teixoso. Foi um dia muito bem passado num local lindo, cheio de regeneração florestal avançada, e em boa companhia, com direito a um delicioso almoço micológico! Nesta colheita apanhamos cerca de 10kg de bolotas de carvalho negral, 5kg de castanha brava e 1kg de pilritos. Agradecemos a amabilidade dos anfitriões, assim como dos voluntários que vieram dar-nos uma mão: Sara, Sílvia e Alexandre Lima, e Filipe Guerra.

    Uma semana atrás apanhámos tambem 15kg de bolotas no carvalhal negral de Assanhas-Linhares, uma das manchas mais bem preservadas desta zona do Parque Natural, com a ajuda dos nossos amigos Nik, Corinna e Barak, a quem também agradecemos!

    Bem hajam!

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

  • Ana Teresa Matos

    Ação de recolha de bolotas no próximo sábado

    Olá a todos!

    Vamos fazer uma recolha de bolotas de carvalho negral (Quercus pyrenaica) dia 19 às 10h na Vila do Carvalho, o almoço está incluído. Quem quiser participar pode contactar para atlamatos@gmail.com ou 912853248

    Bem-hajam 🌱

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

  • Ana Teresa Matos

    Precisamos de bolotas de carvalho negral | Looking for pyrenean

    Olá a todos!

    Estamos na altura da bolota, e temos procurado sítios bons para realizarmos uma apanha em conjunto, com a ajuda de quem quiser participar! O objectivo é recolher a maior quantidade possível de bolotas de carvalho negral (Quercus pyrenaica) para semearmos em Março. Os terrenos já foram preparados e semeados com centeio.
    No entanto estamos a ter dificuldade em encontrar um bom sítio para a primeira colheita, porque este ano há pouca bolota talvez devido à seca ou então pode ser um ano de contra-safra nesta zona... Por isso venho perguntar se algum de vós conhece um sitio com MUITAS bolotas de carvalho negral na região da Guarda. Teria de dar para por exemplo 10 pessoas terem o que apanhar durante um dia.
    Se não souberem de nenhum sítio, pedia a quem estiver nesta zona se podem apanhar bolotas nos locais dispersos ao pé de vós, acondicionando-as num saco de rede ou caixa de cartão para evitar bolores e colocando por cima umas folhas das árvores mãe (para termos certeza da espécie), que nós vamos buscá-las. É só evitar bolotas com bicho e podridão, que tenham bom aspecto. Para terem a certeza da espécie verifiquem se as folhas têm veludo na parte inferior e que a zona não tenham outro tipo de carvalhos.

    Muito grata por toda a ajuda!

    🌱🌱🌱🌱🌱🌱

    Hello everyone!

    It's acorn season and we're looking for a good spot for harvesting with the help of anyone who wants to join! Our objective is to gather as many pyrenean oak acorns (Q. pyrenaica) as possible to seed in March. The plots have been preparated and seeded with rye.
    But this year there is fewer acorns than normal, maybe because of the drought. So we are asking for your help: does anyone know a place with LOTS of acorns in the Guarda region? It should have enough for maybe 10 people gathering for one day.
    If you are here in this region but don't know such a place, we wanted to ask if you can gather the acorns you can from the dispersed sites around you, and maintain them dry in a card box or net bag, with some leaves from the mother trees on top (so we can verify the species) and we would pick them up from you. Just try to avoid rotten or bugged acorns and to be sure they are from Q. pyrenaica, verify if the leaves have a velvet feel on the bottom page and avoid places with other Quercus species.

    We are so grateful for all your help!

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

  • Ana Teresa Matos

    A campanha terminou e

    A campanha terminou e atingimos 87% do objetivo, o que equivale a 11ha que já estão preparados para a reflorestação! Fizemos a gradagem das terras para atrasar a regeneração mato e uma sementeira com centeio para o mesmo fim assim como para alimentação da fauna e ovelhas e para proteção do solo. Seguem algumas fotografias dos trabalhos. Em Novembro iniciaremos a colheita de bolotas. Obrigada a todos pela vossa ajuda... Bem-hajam

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

  • Ana Teresa Matos

    Recolha de sementss e preparação do terreno para as sementeiras

    Olá a todos!

    Já iniciámos a colheita de sementes, aproveitamos todas as saídas da quinta para colher várias espécies autóctones desta região, de forma a manter o património genético. Locais de colheita e espécies:
    Manteigas: tramazeira (Sorbus aucuparia), vidoeiro (Betula pendula subsp. celtiberica) (verificámos que são a nossa subespécie pela presença de pêlos no pecíolo), freixo (Fraxinus angustifolia) e pilriteiro (Crataegus monogyna)
    Trancoso: freixo centenário, mostajeiro (Sorbus latifolia)
    As primeiras sementeiras serão realizadas em breve, e assim como a recolha de bolotas e castanhas locais em grande quantidade para semear em Março-Abril. Fiquem atentos se quiserem participar!

    Também estamos na altura de preparar as terras para a reflorestação! No entanto ao falar com entendidos na matéria, explicaram-nos que para retirarmos os paus de giesta do terreno deveriamos esperar um ano para que apodreçam, de outra forma só chamando máquinas mais potentes. Isto iria encarecer os trabalhos, e fariamos uma área muito menor do que a planeada. Por isso deixaremos essas áreas para o ano que vem e em alternativa decidimos fazer uma gradagem em zonas que o permitem para preparar a terra e evitar que mato volte tão rápido. Estes locais perfazem os 12,5ha mantendo se o objectivo de área reflorestada com os contributos. Adicionalmente vamos manter o plano de semear directamente em zonas que o fogo deixou mais limpas e nas linhas de água. Alguma questão, teremos todo o gosto em esclarecer.

    Um abraço a todos e mais uma vez obrigada a todos os apoiantes
    Ana e André

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

54 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 29
    novos apoiantes

  • 25
    apoiantes recorrentes

  • 7
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade