AMATÉRIABRUTA mais do que reciclar é reaproveitar.

AMATÉRIABRUTA mais do que reciclar é reaproveitar.

AMATÉRIABRUTA é uma marca portuguesa criada em 2013 pela arquitecta Ana Matéria. É um conceito de bijutaria definido como "um projecto de joalharia reciclada" pensado e criado c...

  • 0

    angariado

    0% de 3 000€

    0 apoiantes

  • 16/11/2015

    Terminado a

  • Terminado

    Este projecto não conseguiu reunir os apoios necessários.

AMATÉRIABRUTA é uma marca portuguesa criada em 2013 pela arquitecta Ana Matéria. É um conceito de bijutaria definido como "um projecto de joalharia reciclada" pensado e criado com base na utilização de materiais reciclados ou matérias-primas originais e pouco comuns, no qual, o tema da reciclagem é a base da reinterpretação e criação de peças contemporâneas e originais. A concepção das peças tem como base a criação de novos valores estéticos para materiais pouco comuns e utilizados no campo...

VANTAGENS PARA O CLIENTE?

QUE PROBLEMA RESOLVE? 

São peças de design que incluem objectos que deixaram de ser úteis para a sociedade, deixaram de cumprir a função para os quais estavam destinados passando a ter uma nova função. São peças concebidas do ”desperdício”.

Este conceito permite transformar desperdícios em peças de arte, peças de arte usáveis, reutilizando e reciclando elementos para o efeito. Dada a singularidade do conceito obtém-se a nível de produto/peça final custos extremamente reduzidos.

Em cada peça da Matéria Bruta conseguem-se ganhos na ordem 800% a 1000% e em alguns casos as peças têm custo 0, na medida em que a peça nasce de matéria reaproveitada. A ideia num futuro próximo seria estabelecer acordos/parcerias com fabricantes e indústrias, de modo a, recolher os seus desperdícios sem interesse e reconvertendo os despojos em peças da Matéria Bruta. Ou seja, recolher o seu “lixo”. Desta forma seria uma grande vantagem para todos, pois o “lixo” de uns seria utilizado como matéria bruta para a concepção dos produtos deste projecto.

Este conceito, para além das vantagens ambientais e económicas (à sua escala), tem uma vertente educativa e inovadora, pois não só sensibiliza para a importância da reciclagem e do reaproveitamento como permite criar um novo conceito estético que rompe com padrões e conceitos pré-estabelecidos impostos pela globalização, criando uma vertente única e original de acordo com a personalidade de cada um. A designação do projecto é por si só é uma ideia original não só pelos materiais e técnicas usados, mas também pelas peças resultantes que se distinguem pela originalidade, criatividade, individualidade e pelo factor económico assumindo assim um carácter diferenciador face ao mercado em que se inserem.

O projecto está em fase de desenvolvimento ao nível da divulgação. Ou seja, encontra-se na fase de procura de espaço ou espaços para a comercialização. Os custos associados à concepção do produto são baixos e em determinadas situações são a custo 0.

Uma vez que ainda não existiu uma comercialização efectiva e prolongada do produto todos os proveitos ou benefícios gerados foram/são aplicados na produção das peças. Os proveitos obtidos em cada peça são na ordem dos 1000%. (variando entre 800% a 1000% consoante as matérias usadas).

SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO, Estabelecer parcerias para obtenção de matéria-prima (sem custos) com base em permuta de interesses (Ex: empresa fornece materiais/Matéria Bruta oferece divulgação ou produtos no interesse do parceiro).

 

Sobre o promotor

A equipa é composta por 3 elementos. Cláudia Barragon é a autora e criadora do projecto com 43 anos residente em Oeiras. Licenciada em arquitectura com uma formação e interesse artístico na área da pintura, escultura e design.

Experiência na área de gestão de empresas, recursos humanos e áreas operacionais.

Luisa Barragon. Residente em Oeiras produtora, com vasta experiência em gestão e administração de empresas.

José Barragon. Residente em Oeiras, formação na área artística, projectista. 

Orçamento e Calendarização

Necessidades de investimento:

OPÇÃO 1 – 35 000.00 €

Desenvolvimento do projecto apostando na comercialização do produto em espaços de terceiros e investindo na divulgação e comercialização em mercados estrangeiros e criação de lojas online.

OPÇÃO 2 – 90 000.00 €

Desenvolvimento do projecto apostando em loja itinerante. Viajando pelos diferentes locais turísticos de Lisboa e arredores de forma a dar a conhecer a marca e a escoar as peças.

O projecto está concluído, está na fase de obtenção de investimento para a comercialização, divulgação das peças e marca. 

  • Apoia com
    20€ ou mais

    RECOMPENSA MATERIABRUTA

    Uma peça a definir pelo autor. Portes incluídos

    Ainda sem apoios. Faz o primeiro!

  • Apoia com
    100€ ou mais

    1 RECOMPENSA MATERIABRUTA

    Uma peça da Matériabruta (colar). Portes incluídos

    Ainda sem apoios. Faz o primeiro!

Dom, 28/02/2021 - 13:28

16/11/2015

Campanha terminou

Não se reuniu a totalidade dos fundos

Lançamento da campanha

28/09/2015

0 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 0
    novos apoiantes

  • 0
    apoiantes recorrentes

  • 0
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade