Mostrar ao mundo as Vozes das Mulheres Negras em Portugal
PPL Causas

Mostrar ao mundo as Vozes das Mulheres Negras em Portugal

Em 2020 o INMUNE lançou-se ao desafio de reunir o depoimento de várias mulheres negras, de contextos e realidades distintas. Agora precisamos da sua ajuda para o mostrar ao mundo.

  • 635

    angariado

    25% de 2 500€

    17 apoiantes

  • 7 dias

    para apoiar

  • Esta campanha iniciou-se em 23/09/2021 e está a angariar fundos até 29/10/2021 - 18:00

Em 2020 o INMUNE lançou-se ao desafio de reunir o depoimento de várias mulheres negras, de contextos e realidades distintas. Agora precisamos da sua ajuda para o mostrar ao mundo.

Em 2020 o INMUNE lançou-se ao desafio de reunir o depoimento de várias mulheres negras, de contextos e realidades distintas, formando um grupo heterogéneo de personalidades com e sem visibilidade pública, para que juntas construíssemos uma curta-metragem produzida inteiramente por mulheres negras, onde fosse possível transmitir o que são os desafios, as demandas, as conquistas, sonhos e vontades deste grupo social historicamente marginalizado e invisibilizado.

Conscientes de que, numa peça de 15 ou 20 minutos seria impossível retratar as realidades de todas as mulheres negras em Portugal, ousamos, ainda assim, e entendendo o grupo escolhido para as entrevistas como uma representação de parte desta fatia da sociedade portuguesa, intitulamos o documentário como – “As Vozes da Mulher Negra”, assumindo que estaríamos a transmitir algumas, das várias vozes das mulheres negras em Portugal.

Depois de horas de filmagens, algumas lágrimas e muitos sorrisos, com partilhas únicas e reflexões muito pessoais acerca do que é ser mulher e negra na sociedade portuguesa considerámos ter reunido conteúdo riquíssimo para a abordagem pretendida… no entanto, era demasiado conteúdo, com demasiada qualidade e importância, para que fosse apenas transformado numa curta e foi assim que passámos à certeza que só faria sentido montar um filme documentário completo de, pelo menos, 1h30 onde pudéssemos reproduzir para o mundo uma abordagem mais abrangente sobre esta temática. Mas para isso,  precisamos da vossa ajuda!!

A pós produção, com tratamento de som e montagem, requer  o vosso apoio para que todas as mulheres que participaram atrás e à frente das câmaras, assim como todas as que irão ver este nosso/vosso filme, possam ter a sua imagem no pequeno e no grande ecrã, com a qualidade e rigor merecidos ao tema e simultaneamente ter a oportunidade de ver  outras representações de si mesmas, que não apenas as que, repetidamente e de forma estereotipada, vemos difundidas nos media tradicionais.

Colabore com esta iniciativa do INMUNE, e passe a palavra para que o primeiro longa-metragem feito em Portugal exclusivamente por uma equipe de mulheres negras seja finalizado ainda este ano! 

Duração

1h45

Convidadas

Inocência Mata (Academia) 

Luzia Ferreira (Leitura de Poema)

Paula Cardoso (Comunicação e Jornalismo)

Mynda Guevara (Música)

Aurora Negra (Representação)

Belinha (Associativismo)

Neusa Sousa (Chá de Beleza Afro)

 

Sobre o promotor

O Instituto da Mulher Negra em Portugal, Associação Cívica - INMUNE” é uma entidade feminista e anti-racista que combate a invisibilização e o silenciamento das mulheres negras, africanas e afrodescendentes na História e no tempo presente e promove a igualdade de direitos, a paridade e a justiça social. O INMUNE é de direito privado, sem fins lucrativos, apartidário, mas não apolítico, é solidário mas não caritativo e tem como finalidade a luta contra o sexismo, o racismo, a xenofobia, lesbofobia, violências com base no género, as desigualdades e a segregação social. O INMUNE promove o empoderamento e a participação social e política das mulheres fomentando, através das suas actividades e reflexões, um ambiente propício à afirmação e valorização da herança e da cultura negra e africana em Portugal.

Orçamento e Calendarização

Precisamos de finalizar o documentário e queremos contratar duas mulheres negras para a edição, som e pós produção. Queremos também concorrer a festivais internacionais com o documentário e para essas apresentações internacionais precisamos de algum financiamento para a tradução e para viagens. O restante dinheiro será para levar o documentário ainda mais longe e a mulheres que possam identificar-se com ele principalmente a países de língua oficial portuguesa.

Sáb, 23/10/2021 - 17:46

Qua, 29/09/2021 - 10:11

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

23/09/2021

17 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 9
    novos apoiantes

  • 8
    apoiantes recorrentes

  • 5
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade