S.O.S. DAGUIDA
  • Música
  • Santa Maria de Lamas, Portugal

S.O.S. DAGUIDA

Queremos lançar o nosso primeiro álbum! Podem ajudar aqui, através da nossa campanha S.O.S. DAGUIDA: Sistema de Obtenção de Sustento

  • 2657

    angariado

    53% de 5 000€

    55 apoiantes

  • 21 dias

    para apoiar

    Registe-se para seguir esta campanha

  • Esta campanha iniciou-se em 14/01/2019 e só será financiada se angariar um mínimo de 5 000€ até 14/03/2019 - 18:00

Queremos lançar o nosso primeiro álbum! Podem ajudar aqui, através da nossa campanha S.O.S. DAGUIDA: Sistema de Obtenção de Sustento

É nossa crença que este ambicionado primeiro disco está escrito nas estrelas desde aquela noite de 19 Janeiro de 2000. Falta-nos a sua materialização para podermos dar o chamado ‘grito do ipiranga’ e finalmente podermos ocupar um lugar no panorama cultural português.

Temos muitos amigos que desde sempre nos apoiaram e fizeram a sua força para que a banda continuasse. Contamos com eles agora para gravar o nosso primeiro álbum.

 

Filmagem do vídeo "Passageiro", 2017. Foto de Gon.

Filmagem do vídeo "Passageiro", 2017. Foto de Gon.

A nossa alegria surge naturalmente quando brincamos com opiniões sobre a condição humana actual. Acreditamos que o humor e a sátira são meios privilegiados para abordar os mais variados e obsoletos tabus que insistem em perdurar. Acreditamos que a música é o veículo perfeito para o fazermos, pois se o objectivo é comunicar temos de o fazer da forma mais poética e eficaz.

 

Contamos com a tua ajuda! Go Guida Go Guida Go!

 

Sobre o promotor

Os daguida nasceram a 19 de Janeiro de 2000 num telhado de Santa Maria de Lamas. Gostamos de usar e abusar da língua portuguesa, cantamos com expressões locais e muito humor. A sátira, a ironia, a alegria transmitida nas atuações, representam a nossa vontade de quebrar barreiras e preconceitos. 

Na primeira vida da banda, até 2008, actuámos em diversos locais. De destacar o Hard Club, Festa do Avante e Euro 2004. Vencemos o concurso Audácia de Viver 2001 e Rocktaract 2003 e fomos finalistas dos concursos Rockmusic Challenge e Rockastru's.

 

Cartaz da final do Rockmusic Challenge 2003

Cartaz da final do Rockmusic Challenge 2003

Dessa primeira fase da banda, recolhemos algumas críticas dos media:

“(...) o projecto tem temas para incendiar qualquer sala com sentido de humor. (...) A máquina de colar etiquetas dá os daguida como praticantes de country à portuguesa, para consumo urbano, com efeitos secundários garantidos e manifestos políticos retorcidos.”  Blitz

“(...) entranhavam boquiabertos aquele misto de som e perfomance com que ninguém fica indiferente. É interessante como este projecto cria uma tão boa disposição em todos os presentes.”  123som.com

“(...) têm muito para dar à música portuguesa. Um nome a reter.”  divergencias.com

“(...) trouxeram de Sta. Maria de Lamas forte componente cénica - usam sinos, buzinas de bicicleta e há perseguição policial a bordo de uma Lambreta - embebida em rock de intervenção."  Público

 

Sala de ensaio, 2003. Foto de Ricardo Cardoso.

Sala de ensaio, 2003. Foto de Ricardo Cardoso.

Entre 2008 e 2016, dedicámo-nos a outros projectos. Yuran integrou os grupos Curinga, Foxrot e Malagueta. António Serginho tocou com os Zelig, Retimbrar, Manel Cruz, Nuno Prata, Sérgio Godinho e Deolinda, entre outros. João Pedro manteve o hábito de escrever letras e partilhar canções com o Yuran, mas também se dedicou a outra forma de arte - às jóias e gemas, criando a marca G82.

No final de 2016 voltamos aos concertos e em 2018 fizemos as nossas primeiras edições oficiais, as músicas "Passageiro" e "Fico Louco".

 

 

Agora pretendemos gravar o nosso primeiro álbum.

 

Para fazê-lo contamos com a ajuda de preciosos amigos:

Nico Tricot (Manel Cruz, Nuno Prata, Bruta) no banjo, baixo e teclados.

Paulo Cavernas (Terrakota, Semente) na percussão.

Ricardo Resende (José Cid, Fanfarra Káustika) no trombone.

Ruca Lacerda (Pluto, Supernada, Largo Recording Studio) na produção.

 

Além destes amigos, contamos com a vossa ajuda para levar o nosso sonho avante!

Orçamento e Calendarização

Precisamos de um valor mínimo de 5000€ para

ESTÚDIO - gravação / mistura / masterização

DISCOS - design / reprodução dos cds / distribuição

 

Todos as receitas acima desse valor serão direcionadas para

PROMOÇÃO - videoclips / assessoria de imprensa / gestão da presença online

 

DATAS

O nosso objectivo é gravar o álbum durante este ano de 2019, mas não deixaremos de dar concertos! Para não vos deixarmos na ansiedade de conhecer o nosso trabalho em estúdio, prometemos lançar algumas músicas durante o ano, mas só pretendemos lançar o álbum completo em Janeiro de 2020, pela altura do 20ª aniversário da fundação dos daguida.

Facebook

Sex, 22/02/2019 - 08:55

Ter, 19/02/2019 - 13:07

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Seg, 14/01/2019 - 20:58

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

14/01/2019

55 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 46
    novos apoiantes

  • 9
    apoiantes recorrentes

  • 7
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade