Kantata do Tecto Incerto
PPL Causas

Kantata do Tecto Incerto

Propomos a criação colectiva dum espectáculo, um coro de vozes: quando as cidades se transformam em tabuleiros de Monopólio, o que têm a dizer os habitantes que resistem?

Propomos a criação colectiva dum espectáculo, um coro de vozes: quando as cidades se transformam em tabuleiros de Monopólio, o que têm a dizer os habitantes que resistem?

Na sequência do trabalho criativo, de pendor comunitário, realizado no ano de 2013, que culminou na apresentação do espectáculo KANTATA DE ALGIBEIRA, uma equipa de criadores, que integra a quase totalidade da então reunida, dispõe-se agora a empreender a escrita, composição e encenação de uma espectáculo acerca da questão da habitação. O libreto da peça alimentar-se-á das inquietações, reflexões e propostas do grupo de pessoas que a interpretarão em cena.

Esta nova obra polifónica – KANTATA DO TECTO INCERTO – será produzida pela Produção: Casa da Achada - Centro Mário Dionísio (CA-CMD) e contará com a participação de intérpretes pertencentes ao Coro da Achada e ao Grupo de Teatro Comunitário da CA-CMD, para além de elementos de todas as idades e ofícios residentes na zona geográfica onde a Casa da Achada se encontra instalada e outros locais igualmente afectados por pelos problemas da habitação.

A habitação é um direito indiscutível e a procura de abrigo é porventura a mais ancestral atitude dos humanos à face da terra. Todavia, as convulsões sociais que, por estes dias, desfiguram as nossas cidades – gentrificação, especulação imobiliária, turistificação, etc. – têm conduzido ao desrespeito total por esse direito que emana de uma necessidade humana básica.

Procurámos apoios oficiais para este projecto, mas não os conseguimos obter. Reformulámo-lo e estamos a tentar esta outra via de angariar fundos, o crowdfunding, porque queremos muito fazê-lo. Precisamos agora de mãos capazes de apoiar.

Com 13 000 euros e outros tantos amigos, conhecidos ou desconhecidos, que de muitos modos se associarão a nós, poderemos garantir as condições mínimas de concretização do nosso projecto KANTATA DO TECTO INCERTO. Dar voz a quem a não tem para que cante o seu direito a ter casa é o objectivo deste projecto mas só será possível com a participação e o apoio de quem gosta da CA-CMD, de quem precisa de palavras para respirar e de quem partilha esta vontade de grito colectivo. Qualquer contribuição é bem-vinda. Em dinheiro e ajudando na divulgação deste crowdfunding.

Kantata do Tecto Incerto

Recolhas: Luiz Rosas
Texto: Regina Guimarães
Música: Pedro Rodrigues e João Caldas
Encenação: Margarida Guia
Assistência de encenação: F. Pedro Oliveira
Produção: Catarina Carvalho e Pedro Soares

Sobre o promotor

A Casa da Achada - Centro Mário Dionísio (CA-CMD) nasceu da vontade de tornar público o espólio literário e artístico de Mário Dionísio, o seu arquivo pessoal, assim como o de Maria Letícia Clemente da Silva. Foi a riqueza e a diversidade desses materiais que levaram à criação da Casa da Achada, uma associação cultural sem fins lucrativos fundada em 2008 cujo fim é tratar esse espólio, tornando-o um arquivo vivo e um motor de actividades que divulguem a obra e o pensamento de Mário Dionísio, daí partindo para a discussão na actualidade sobre as questões que ele levanta nas áreas da literatura, da arte, do ensino, da história, da sociedade e da política.

Que a arte e a cultura não devem ser feitas por elites e para elites, nem sequer de elites para o «povo», mas antes de pessoas para pessoas, é uma das traves-mestras do pensamento e da acção de Mário Dionísio que a CA-CMD pretende manter nos alicerces do que faz.

Ao longo de mais de dez anos, para além do tratamento do arquivo e restantes trabalhos do Centro de Documentação, a CA-CMD tem realizado na sua Zona Pública, que abre actualmente 3 dias por semana, inúmeras sessões - palestras, debates, leituras, oficinas, projecção de filmes, etc. -, diversas exposições - de obras de Mário Dionísio e de outros -, e publicou várias edições. Mantém uma Biblioteca Pública com serviço de empréstimos e acolhe um Coro e um Grupo de Teatro Comunitário.

Orçamento e Calendarização

CALENDARIZAÇÃO

Março e Abril – conversas e oficinas com Luiz Rosas
Maio – criação do texto
Junho – encontros e oficinas com Margarida Guia
Julho, Agosto e Setembro – ensaios do espectáculo e construção da música
Outubro – apresentação da Kantata

ORÇAMENTO

- Coordenação/Produção – 2800
-
Encenação/Assistência de encenação – 5200
- Texto (criação) – 300
- Música (criação, direcção e interpretação) – 900
- Transportes e alimentação – 1000
- Logística (materiais para o espectáculo, registo do espectáculo, divulgação, etc.) – 1000
-
Gastos Casa da Achada – 600,75
- Comissão PPL - 1199,25

Seg, 18/01/2021 - 09:45

Ter, 12/01/2021 - 16:19

Será que chegamos aos 13 000?

Olá. Com a tua ajuda já ultrapassámos 75% da nossa angariação de fundos para a Kantata do Tecto Incerto e chegámos quase a 150 apoiantes. Queremos agradecer profundamente o ap...

Ler mais

Qua, 23/12/2020 - 18:53

Chegámos a meio!

Olá. Com a tua ajuda já atingimos mais de 50% da nossa angariação de fundos para a Kantata do Tecto Incerto e ultrapassámos os 100 apoiantes. Queremos agradecer profundamente ...

Ler mais

Dom, 20/12/2020 - 21:08

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Sáb, 12/12/2020 - 21:42

Chegámos aos 25%

Olá. Com a tua ajuda já atingimos 25% da nossa angariação de fundos para a Kantata do Tecto Incerto. Queremos agradecer profundamente o apoio dado e pedir que continues a cont...

Ler mais

Dom, 06/12/2020 - 15:23

Já somos 20

Já chegámos aos primeiros 20 apoiantes. Vamos continuar!

Sáb, 05/12/2020 - 11:58

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

04/12/2020

Junta-te a nós para poderes participar nesta campanha. Criar conta

148 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 89
    novos apoiantes

  • 59
    apoiantes recorrentes

  • 20
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade