O Futuro da Barata é Hoje
PPL Causas

O Futuro da Barata é Hoje

A Livraria Barata corre o risco de fechar. Somos uma das últimas livrarias independentes de Lisboa e precisamos do seu contributo para ultrapassar o constrangimento financeiro c...

A Livraria Barata corre o risco de fechar. Somos uma das últimas livrarias independentes de Lisboa e precisamos do seu contributo para ultrapassar o constrangimento financeiro criado pelo momento covid-19 e para apoiar a revitalização da Livraria.

A Livraria Barata corre o risco de fechar e lança esta campanha para apoiar a sua revitalização. Somos uma das últimas livrarias independentes de Lisboa e precisamos do seu contributo para ultrapassar o constrangimento financeiro criado pelo momento covid-19.

É nosso propósito viver exclusivamente das vendas e receitas próprias, oferecendo um serviço de qualidade, mas neste momento precisamos de ganhar tempo e sustentabilidade financeira para executar um plano de renovação (a começar já e a terminar no prazo de dois anos).

A LIVRARIA BARATA vinha lutando pela sustentabilidade num quadro em que o mercado fez das livrarias independentes um parente pobre do setor editorial e livreiro. Com a pandemia de COVID-19, a BARATA sofreu uma quebra de quase 90% das vendas, mantendo todos os custos de funcionamento, devido à súbita falta de clientes.

Apesar disso, e também da quebra de fornecimento de livros e publicações periódicas, a BARATA entendeu manter as portas (entre)abertas e o espírito de serviço público em que acredita, não privando os cidadãos da oferta de produtos culturais, informativos, recreativos, pedagógicos.

Adaptou o funcionamento, reforçando os meios digitais e criando um serviço de entregas ao domicílio para chegar aos clientes, um esforço assumido mas feito com muito sacrifício pessoal e financeiro, da LIVRARIA e dos seus funcionários.

Mesmo com esse esforço, este espaço emblemático - uma empresa independente, que ainda pertence à família do fundador e do qual dependem outras famílias - pode fechar se não houver muitos mais além de nós a acreditar que os livros são importantes e que o comércio de proximidade é indispensável. Mas para persistir precisa de continuidade, todos os dias.

A decisão de lançar esta campanha foi tomada com grande sentido de responsabilidade porque o dinheiro angariado será utilizado exclusivamente em prol do serviço que prestamos. As contrapartidas apresentadas são, assim, pensadas para serem um investimento e, por isso, são vertidas em produtos culturais e informativos a favor dos nossos apoiantes.

Assim, os fundos angariados com esta campanha destinam-se a:

  • Restabelecer stocks de imediato
  • Assegurar os custos de funcionamento até final 2020
  • Requalificar o espaço histórico para novas actividades e implementar uma plataforma de e-commerce, a partir do 3º trimestre de 2020
  • Assegurar os custos de campanha (Comissões Plataforma PPL)

Estas acções terão de ser acompanhadas pela activação de um plano de oferta cultural, formativa e informativa e de uma estratégia de comunicação para atrair novos públicos e fidelizar os clientes, que contamos assegurar com a sustentabilidade financeira do negócio.

Faça parte do Futuro da BARATA!

Aspectos das estantes modernistas

Sobre o promotor

A BARATA é uma empresa de propriedade e gestão familiar, criada por António Barata em 1957, e que continua a ser pertença da família. A sua história está fortemente ligada à história de Lisboa e chegou a ser uma cadeia de uma dúzia de livrarias espalhadas pela Cidade, em pontos fulcrais como o Instituto Superior Técnico e o bairro de Campo de Ourique.

A origem de tudo é a livraria-mãe, na Avenida de Roma, que começou por ser uma pequena loja de livros, papelaria e tabacaria e que nos anos 1980 sofreu a grande transformação arquitectónica que a tornou o espaço que é hoje, com o seu piso em calçada portuguesa.

Nos anos 2010, para dar impulso ao negócio, a Barata fez uma parceria de âmbito comercial com o Grupo Leya, através da qual tem acesso prioritário na comercialização de todas as chancelas do grupo Leya, desde as edições gerais às escolares.

Mas quando a BARATA - hoje classificada LOJA COM HISTÓRIA - abriu há 63 anos, veio dar resposta a uma necessidade. Nascida nas brumas da ditadura, tornou-se um espaço de comunhão literária, de resistência e partilha de conhecimento. Isso valeu ao seu fundador a perseguição da polícia política, o que não o fez desistir do seu objectivo: manter abertas as portas de um espaço de cultura e criar uma comunidade de pensamento livre.

A BARATA foi criada à luz das grandes livrarias independentes, herdeiras da Europa das Luzes, percursoras da alfabetização e da promoção do conhecimento, numa lógica plural, humanista e universalista. O espaço foi evoluindo, em dimensão e oferta, apostando forte no ensino técnico e na vertente infanto-juvenil, apresentando hoje uma das mais cuidadas ofertas pedagógicas da Cidade.

O mundo mudou e com ele o mercado editorial e livreiro, o acesso à informação e conhecimento conheceu novos suportes, a relação das gerações mais novas com os livros, os jornais, o papel, tornou-se diferente. Daí à perda de leitores, decorrente das alterações socioculturais ocorridas desde os anos 90, foi um passo, a que se juntou o esmagamento do sector livreiro por outros sectores, em especial o multimediático, e políticas de edição que apostaram numa literatura imediata, mas nem por isso mais exigente.

Hoje o trabalho de resistência anti-fascista da LIVRARIA dirá pouco às gerações mais novas. Mas a sua relevância como espaço cultural e educativo continua a dar cartas, uma casa que apoia muitas escolas sedeadas no eixo Areeiro/Alvalade e que reúne uma comunidade de leitores.

O Futuro que queremos celebrar trará um projecto cultural arrojado, tornando este espaço num centro de cultura e divulgação, preparado para chegar às gerações vindouras. 

Orçamento e Calendarização

Os fundos angariados serão aplicados da seguinte forma:

  • Restabelecer stocks de imediato
  • Assegurar os custos de funcionamento até final 2020
  • Requalificar o espaço histórico para novas actividades e implementar uma plataforma de e-commerce, a partir do 3º trimestre de 2020
  • Assegurar os custos de campanha (Comissões Plataforma PPL) no final da mesma

Sex, 10/07/2020 - 16:06

Ter, 16/06/2020 - 11:32

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

16/06/2020

Junta-te a nós para poderes participar nesta campanha. Criar conta

  • Rui Pedro Ribeiro

    Sonho

    Bom dia
    Eu sou o Rui Pedro Ribeiro, tenho 23 anos, sou da milheirós e tenho uma doença genética, chamada de Distrofia Muscular de Duchenne. que não tem cura. Sou atualmente atleta federado do FC Porto desde 2016 na modalidade de boccia.Estou a tirar a licenciatura em Contabilidade e Administração no ISCAP. Estou atualmente a fazer uma campanha no PPL, a pedir ajuda para a compra e adaptação de uma casa adaptada às minhas necessidades. Na minha casa atual, encontro-me sem espaço, uma vez que na passagem para o meu quarto bato imensas vezes com os pés na porta, porque é estreita. Não consigo ter um quarto de banho adaptado, para ir à casa de banho a situação é pior, tenho de ficar com a cadeira no corredor e a minha mãe tem de pegar em mim ao colo, também bato com os pés na porta, e já me magoei várias vezes. https://ppl.pt/causas/ruipedro , podem partilhar pf!?E se poderem apoiar nem que seja com um 1€, pq se muitos apoiarem com um pequeno valor facilmente se junta muito!! Obrigado! abraço

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

  • Rémi Galipeau

    Gogogo, Barata!!!

    Gogogo, Barata!!!

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

211 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 124
    novos apoiantes

  • 87
    apoiantes recorrentes

  • 39
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade