Beyond the Tagus River - Álbum de Estreia - André Dal's Portugrass

Beyond the Tagus River - Álbum de Estreia - André Dal's Portugrass

16 músicos de 10 países diferentes num só álbum de música Bluegrass. “Em suma, este é um projecto fantástico, digno de muitas repetidas audições…. Beyond the Tagus River é um po...

  • 2405

    angariado

    134% de 1 800€

    51 apoiantes

  • 5 dias

    para apoiar

  • Esta campanha iniciou-se em 08/04/2021 e só será financiada se angariar um mínimo de 1 800€ até 17/05/2021 - 18:00

16 músicos de 10 países diferentes num só álbum de música Bluegrass. “Em suma, este é um projecto fantástico, digno de muitas repetidas audições…. Beyond the Tagus River é um potpourri de excelência acústica global.” Tony Trischka

André Dal é um dos principais impulsionadores do Bluegrass em Portugal. Com a sua banda, os Stonebones & Bad Spaghetti, procura levar o nome de Portugal à comunidade Bluegrass, actuando em diversos festivais pela Europa fora. O seu objectivo passa por conseguir difundir este estilo, em Portugal, tão pouco divulgado e conhecido por cá. 

Após 8 anos de trabalho na realização de um projecto de vida, 2021 é o ano de estreia de André Dal.  Centrado na música tradicional americana, Bluegrass, o seu álbum é uma colectânea de músicas tradicionais e de sua preferência, bem como originais que, ao longo do tempo, foi compondo e em que a influência portuguesa está presente. 

Contando com a participação de 16 músicos de 10 países diferentes, Beyond the Tagus River é, na verdade, uma ponte entre continentes, entre o passado e o futuro, que une a amizade de todos que amam este estilo de música. Convidamos-vos a conhecê-lo também.

Beyond the Tagus River

Músicos Convidados 

Gil Pereira - Contrabaixo (Portugal) 

Bob Hamilton – Guitarra (Estados Unidos da América) 

Reuben Agnew - Guitarra (Irlanda do Norte) 

Chris Luquette - Guitarra (Estados Unidos da América) 

Dave Bagdade - Bandolim (Estados Unidos da América) 

Katsuhiro Narita - Bandolim (Japão) 

Jeff Cardey - Bandolim (Canadá) 

Jean-Michel Pache - Bandolim (Suíça) 

Jeroen Schmohl - Dobro (Holanda) 

Olivier Uldry - Dobro (Suíça) 

Daniel Olsson - Dobro (Suécia) 

Meade Richter - Violino (Estados Unidos da América) 

Joram Peeters - Violino (Holanda) 

Charlotte Saelemakers - Violino (Bélgica) 

Joon Laukamp - Violino (Alemanha) 

Músicos que Participaram no Álbum

Sobre o promotor

André Dal nasceu em Lisboa, no ano de 1974. Por influência do seu pai, desde cedo começou a ouvir country e rock’n’roll. Com a adolescência os seus gostos mudaram, começando a ouvir mais música hardcore e ska, mas um álbum que adquiriu mudou-lhe o seu percurso de vida. O álbum era Deliverance, a banda sonora do filme do mesmo nome, em português, Fim de Semana Alucinante. O gosto por este estilo de música, que mais tarde veio a descobrir chamar-se Bluegrass, cresceu, nomeadamente o gosto pelo banjo de 5 cordas. De tal forma que, em 1995, comprou um banjo, mesmo sem ter nenhuma formação musical. 

Só em 1997, quando frequentou o programa Erasmus em Londres, começou a dar os primeiros passos na aprendizagem deste instrumento. Mas o ano 1999 marcou definitivamente a sua evolução, quando teve aulas com o músico português que mais conhecia o estilo, Mário Ribeiro. 

Em 2004, após algum recuo face ao desenvolvimento da sua actividade profissional como Engenheiro Geólogo, voltou a encontrar um músico, Gerry Rolph, que vivia em Portugal, que o motivou noutras conquistas musicais e em 2007 passou a frequentar festivais de bluegrass e workshops de banjo de 5 cordas por essa Europa fora. 

Em 2008, prescindiu da sua actividade profissional como engenheiro e assumiu a gestão do restaurante goês dos seus sogros, juntamente com a sua esposa, e onde a disponibilidade para se dedicar à sua paixão era maior. Formou os Stonebones & Bad Spaghetti, provavelmente a única banda de Bluegrass em Portugal, em 2009, e participou ainda no projecto musical Os Eléctricos, entre 2011 e 2016. 

Infelizmente, em 2011, foi-lhe diagnosticado uma doença neurológica conhecida como distonia focal da mão, que lhe limitou significativamente a sua destreza. Sem desistir, decidiu combater a doença, adaptando a sua técnica e utilizando ferramentas que o ajudaram a ultrapassar essa dificuldade com relativo sucesso. 

Ao longo destes anos todos, tem conseguido continuar a tocar com a sua banda em festivais em Portugal e no estrangeiro e este álbum de estreia é o realizar de um sonho procurando deixar uma marca do estilo e da sua dedicação no seu país. 

Livro de Tablatura de Banjo Solo Banjo Tabs Beyond the Tagus River

Orçamento e Calendarização

Campanha de crowdfunding termina no dia 17 de Maio de 2021.  

Envio de recompensas - Maio/Junho 2021 

O valor conseguido será para abater as despesas orçamentadas: 

Cachet Músicos - 2250 € 

Gravação estúdio, mistura e masterização - 900 € 

Materiais gráficos - 700 € 

Replicação industrial de CDs – 800 € 

Licenças - 500 € 

Audiovisual – 200 € 

Promoção - 1000 € 

Comissão PPL(7,5%)+iva(23%) = 166.05 €

Total: 6350,00 € 

Valor pedido no crowdfunding: 1800 € 

Qui, 13/05/2021 - 03:48

Dom, 18/04/2021 - 18:07

100% alcançado

CONSEGUIMOS! A campanha alcançou a totalidade do objectivo mas pode continuar a angariar fundos

Seg, 12/04/2021 - 14:30

Já somos 20

Já chegámos aos primeiros 20 apoiantes. Vamos continuar!

Sex, 09/04/2021 - 14:10

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

08/04/2021

51 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 35
    novos apoiantes

  • 16
    apoiantes recorrentes

  • 4
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade