Fotojornalismo na Redação Santiago

Fotojornalismo na Redação Santiago

O projeto "Fotojornalismo na redação Santiago" foi uma das iniciativas criada no âmbito do laboratório cívico e consiste na ideia de colocar crianças e jovens a fotografarem o s...

  • 3348

    angariado

    109% de 3 085€

    106 apoiantes

  • 07/06/2019

    Terminado a

  • Financiado

    Esta campanha foi totalmente financiada

O projeto "Fotojornalismo na redação Santiago" foi uma das iniciativas criada no âmbito do laboratório cívico e consiste na ideia de colocar crianças e jovens a fotografarem o seu bairro.

Um grupo de cidadãos de Aveiro, constituído por profissionais de várias áreas (urbanismo, arquitetura, design, tecnologia, ensino e investigação, entre outras), que decidiu avançar com um laboratório cívico no bairro de Santiago em Aveiro. O bairro de Santiago é o maior bairro social de Aveiro e os seus moradores têm enfrentado diversos desafios, desde a sua criação, como a integração na sociedade, a interculturalidade, a discriminação e a escassez de recursos económicos.

O projeto "Fotojornalismo na redação Santiago" foi uma das iniciativas criada no âmbito do laboratóeio cívico e consiste na ideia de colocar crianças e jovens a fotografarem o seu bairro. Pretende-se o contacto com máquinas fotográficas e material expositivo. Fotografar a família, os amigos, os espaços envolventes. Uma primeira sessão com projeção de imagens de fotojornalistas portugueses. Depois, partir para o terreno durante uma semana. Depois análise, discussão e escolha para exposição final a concretizar no bairro. A ideia será telas grandes colocadas nos prédios. Poderão existir outros locais, mas deve ser sempre na rua em espaço aberto para operacionalizar esta inciativa, além do trabalho voluntário da equipa do laboratório cívico e do projeto em si, serão necessários recursos financeiros para a aquisição das máquinas descartáveis, revelação das fotografias para a sua seleção e sobretudo o custo com a impressão das fotos em telas grandes que serão afixadas na rua em espaço aberto.

Sobre o promotor

O QUE É UM LABORATÓRIO CÍVICO?

Os laboratórios cidadãos têm vindo a surgir em várias cidades europeias em resposta à necessidade de se aprofundar a democracia participativa e de envolver as comunidades locais na construção de soluções experimentais para alguns problemas do seu quotidiano.

Estes laboratórios visam prototipar soluções para problemas urbanos através da experimentação orientada por mediadores, num quadro de envolvimento de cidadãos e de atores locais,  para posterior replicação em resultado das aprendizagens. Não se trata, contudo, de uma plataforma para produção de «soluções rápidas» ou de resposta urgente para problemas agudos.

PORQUÊ UM LABORATÓRIO CÍVICO EM AVEIRO?

Um grupo de profissionais de várias áreas (urbanismo, arquitetura, design, tecnologia, ensino e investigação, …) juntaram-se com a MISSÃO de promover formas colaborativas de capacitação e resolução de problemas coletivos das comunidades, num clima de permanente aprendizagem.

Equipa

COORDENAÇÃO/MEDIAÇÃO
Andreia Ruela |Técnica de Serviço Social - Florinhas do Vouga. Mestre em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Coimbra e licenciada em Serviço Social pela Universidade de Coimbra.
Angela Fernandes |Urbanista e mestre em Inovação e Políticas de Desenvolvimento pela Universidade de Aveiro. Começou a sua carreira profissional a colaborar com o Centro de Estudos em Inovação e Dinâmicas Empresariais e Territoriais desenvolvendo diversos projetos de investigação nos domínios do Planeamento territorial, Desenvolvimento regional, Inovação e Economia urbana, atividade que prosseguiu e concretizou em termos práticos, nos últimos anos num Município português. Foi responsável por diversas áreas e projetos nomeadamente no domínio do Planeamento municipal, Localização Industrial, Inovação e Candidaturas a Sistemas de Incentivo. Foi presidente da Associação Portuguesa de Planeadores do Território e docente da Universidade Lusófona do Porto.

Ana Carolina Santos |Técnica Superior de Educação Social - Florinhas do Vouga.
Licenciada em Educação Social pela Universidade Portucalense desde 2003. Pós Graduação em Intervenção em Comportamentos de Risco, pelo Instituto Bissaya Barreto, em 2006.

José Carlos Mota |Urbanista. Professor Auxiliar no Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território (DCSPT) da Universidade de Aveiro (UA) e investigador do GOVCOPP. É membro da Direção do DCSPT e diretor do Mestrado em Planeamento Regional e Urbano da UA. Fez parte da coordenação dos projetos Community Participation in Planning, no qual foi desenvolvido o VivoBairro, do Aveiro Soup e do processo participativo do Plano de Gestão do Parque das Serras do Porto. Atualmente, coordena o processo participativo da revisão do PDM da Maia.

Orçamento e Calendarização

Orçamento:

. 15 máquinas descartáveis / Revelação / Digitalização dos filmes / Provas de contacto A4 - 180 Euros

. Impressão de 15 telas 1,4 x 1,0 metros - 2.500 Euros

Calendarização:

Workshop de fotojornalismo com as crianças e jovens - 11 de maio 2019

Semana de recolha de fotografias pelos participantes - 11 a 18 de maio 2019

Sessão pública e Inauguração da exposição - 10 de junho 2019.

  • Apoia com
    15€ ou mais

    Agradecimento público na sessão de encerramento a 10 de junho

    Na inauguração da exposição no dia 10 de junho será referido o seu nome como apoiante desta iniciativa. Nota: Custo de envio incluído

    29 apoiantes

  • Apoia com
    25€ ou mais

    Foto da exposição impressa em formato 20x30

    Foto da exposição impressa em formato 20x30 e agradecimento público na inauguração da exposição, ou seja, será referido o seu nome como apoiante desta iniciativa. Nota: Custo de envio incluído

    16 apoiantes

  • Apoia com
    50€ ou mais

    3 Fotos da exposição impressas em formato 20x30

    3 Fotos da exposição impressas em formato 20x30 e agradecimento público na inauguração da exposição, ou seja, será referido o seu nome como apoiante desta iniciativa. Nota: Custo de envio incluído

    7 apoiantes

  • Apoia com
    150€ ou mais

    Foto de autoria de Adriano Miranda, impressa e assinada em formato 20x30.

    Foto de autoria de Adriano Miranda, fotojornalista do Jornal Público, impressa e assinada em formato 20x30 e agradecimento público na inauguração da exposição, ou seja, será referido o seu nome como apoiante desta iniciativa. Nota: Custo de envio incluído

    6 apoiantes

Qui, 26/11/2020 - 12:27

Ter, 11/06/2019 - 10:01

Pagamento concluído

Os fundos angariados foram transferidos para o promotor

07/06/2019

Campanha terminou

Os fundos foram totalmente angariados com sucesso

Sex, 07/06/2019 - 09:42

100% alcançado

CONSEGUIMOS! A campanha alcançou a totalidade do objectivo mas pode continuar a angariar fundos

Dom, 02/06/2019 - 22:11

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Seg, 13/05/2019 - 16:11

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

08/05/2019

106 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 81
    novos apoiantes

  • 25
    apoiantes recorrentes

  • 47
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade