Pasteleira Elétrica: a melhor forma de descobrir o Alentejo

Pasteleira Elétrica: a melhor forma de descobrir o Alentejo

Uma pasteleira elétrica devorando os campos do Alentejo: opte por este meio ecológico para conhecer os sítios mais secretos desta região através de rotas temáticas especialmente...

  • 2170

    angariado

    64% de 3 350€

    25 apoiantes

  • 3 dias

    para apoiar

  • Esta campanha iniciou-se em 22/05/2020 e só será financiada se angariar um mínimo de 3 350€ até 06/07/2020 - 18:00

Uma pasteleira elétrica devorando os campos do Alentejo: opte por este meio ecológico para conhecer os sítios mais secretos desta região através de rotas temáticas especialmente estudadas para si.

A ecoland é uma casa de campo situada numa aldeia perto de Mértola, em pleno Parque Natural do Vale do Guadiana. Abrimos em 2006 e desde então tem sido uma longa história, cheia de aventuras com dificuldades, mas também muitas vitórias e alegrias.

Tudo começou quando vim trabalhar para Mértola numa associação de desenvolvimento local, num projecto de plantas aromáticas e medicinais. Compreendi rapidamente que era aqui o meu sítio, onde queria ficar. O sonho de gerir um pequeno alojamento no campo voltou aos meus pensamentos e decidi avançar.

Uma casa em ruínas numa aldeia piscou-me o olho. Quando a vi, foi uma espécie de amor à primeira vista. Era perfeita: tinha a traça antiga, feita de taipa, com um pequeno jardim, e estava situada na extremidade da aldeia, o que lhe conferia uma certa privacidade. Só tinha um pequeno problema: não tinha telhado, nem janelas e estava completamente em ruínas...

Reergui a casa e acarinhei os nossos hóspedes durante anos. O meu filho cresceu, e eu também. Agora para complementar o alojamento surgiu uma nova ideia, mas vem esta crise pandémica, que abana todas as empresas e famílias do mundo, deixando-nos sem chão.

Jardim e alpendre do alojamento - B&B house and garden

É preciso voltar a respirar e reagir. Colocar a nossa garra sob forma de projectos sustentáveis, que proporcionem rendimento mas também riqueza em experiências amigas do ambiente, que protejam a mãe natureza. Passear pedalando numa pasteleira elétrica, é um lema, uma ideia, um ponto de partida para uma novo projecto de turismo ecológico e sustentável.

Pasteleira eléctrica

Ao volante de uma pasteleira elétrica, vamos pedalar por esses campos fora. É só preciso escolher a rota e ela levá-lo-á aos sítios mais incógnitos do Alentejo profundo, onde o ar é puro, onde as pessoas são inimagináveis e simples, onde as tascas simpáticas com bom queijo e pão verdadeiro ainda existem, e onde as provas de vinhos com requinte também têm o seu lugar. Depois de pedalar sem fim, mas com pouco esforço, pode encontrar o rio ou uma piscina e dar um pluff! ….

Desta forma, descobrir a região de Mértola e o Parque Natural do Vale do Guadiana, será um prazer. Pernoite na nossa casa de campo e durante o dia, embarque numa aventura a bordo de uma confortável pasteleira eléctrica (de uma conceituada marca alemã), e navegue através de um GPS pelas diferentes rotas que estudámos para si. Descubra a riqueza do Alentejo profundo, passando pelas várias aldeias históricas, prove a gastronomia e os produtores locais e converse com as gentes que aqui sobrevivem. Talvez o Alentejo onde um dia encontrei o meu lugar, possa um dia, vir também a ser o seu.

Apoie esta ideia com um donativo e ajude-nos a tornar real este projecto. Só assim conseguiremos que esta ideia saia do papel e se concretize efectivamente. A viabilidade económica deste projecto depende da sua contribuição.

Sobre o promotor

Os membros desta equipa sou eu.

Sou eu que recebo os clientes, faço a gestão das reservas, sirvo os pequenos-almoços, faço a contabilidade, as compras, o site e o marketing… mas agora na casa dos 40, começo a pedir ajuda ao filho, aos amigos e a vocês. Assim, numa perspectiva de dar e receber, queria pedir o vosso apoio para avançar nesta nova fase, desta vez, com pedais e mostrar como descobrir o Alentejo, pode ser ao mesmo tempo saudável e tranquilizador.

Estudei engenharia agronómica em Beja e mestrado na Grécia em Biotecnologia. Quando regressei a Portugal, vim trabalhar para Mértola. Mais tarde fiz outro mestrado em Évora, em conservação da natureza. Estive sempre ligada ao mundo das plantas aromáticas e medicinais, direta ou indirectamente, a essência da vida.

Nesta fase de pandemia avançar para um novo projecto parece absolutamente louco, mas também ficar de braços parados, louco seria. Para ser possível a concretização desta ideia num futuro próximo, conto convosco e com a vossa comparticipação.

Cláudia Melo

Orçamento e Calendarização

Achei por bem adiantar uma parte do financiamento adquirindo a primeira bicicleta eléctrica por um lado, para não tornar o valor da campanha muito elevado e por outro, como prova de que realmente acredito nesta ideia de projeto e na sua viabilidade. A aquisição da primeira bicicleta eléctrica já me permitiu começar a fazer testes na região, delinear as rotas e compreender a sua aceitação no mercado nacional. Com o financiamento recolhido por esta campanha pretendo a aquisição de mais 1 bicicleta eléctrica, 4 alforges, 2 capacetes, 2 bolsas de suporte de telemóvel e 2 GPS (anti-roubo).

Em 1 julho, a quisição de todo o equipamento: 1 bicicleta eléctrica , 4 alforges , 4 capacetes, 2 suportes de telemóvel, 2 GPS anti-roubo.

Pasteleira eléctrica

Sáb, 04/07/2020 - 02:31

Sex, 03/07/2020 - 08:36

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Dom, 24/05/2020 - 09:28

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

22/05/2020

25 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 22
    novos apoiantes

  • 3
    apoiantes recorrentes

  • 5
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade