"Maria José Maria" Curta-Metragem de Terror

"Maria José Maria" Curta-Metragem de Terror

A curta-metragem MARIA JOSÉ MARIA é um filme histórico enquadrado no género de terror psicológico, com laivos de comédia negra e humor absurdo.

  • 2369

    angariado

    78% de 3 000€

    65 apoiantes

  • 28 dias

    para apoiar

    Registe-se para seguir esta campanha

  • Esta campanha iniciou-se em 19/05/2021 e só será financiada se angariar um mínimo de 3 000€ até 16/07/2021 - 18:00

A curta-metragem MARIA JOSÉ MARIA é um filme histórico enquadrado no género de terror psicológico, com laivos de comédia negra e humor absurdo.

Sinopse:

curta-metragem MARIA JOSÉ MARIA é um filme histórico enquadrado no género de terror psicológico, com laivos de comédia negra e humor absurdo com aproximadamente 15 minutos. É uma adaptação livre de uma história verídica, um crime horripilante que abalou Portugal, em meados do séc. XIX. Esta interpretação explorará as temáticas da doença mental, o celibato forçado, a devoção religiosa e o enraizamento do patriarcado da época, assente no modelo de filme de investigação criminal.

Esta Campanha destina-se a apoiar o projecto cinematográfico independente de curta-metragem MARIA JOSÉ MARIA, o novo filme do realizador scalabitano Chico Noras. Em parceria com a Associação Cinematográfica 50cuts, Chico Noras propõe, com este filme, revisitar uma história macabra do séc. XIX através do olhar do humor negro e do absurdo, numa peça de terror psicológico fora do vulgar. Um filme que foge aos cânones do cinema de português de autor, demasiado direcionado para uma audiência muito específica, mas que também não se pretende “hollywoodesco”. Uma proposta que abrace a história portuguesa e o nosso folclore religioso e os reordene com um arrepio e uma boa gargalhada, prestando a devida homenagem à nossa terra.

 

Nesse sentido, a produção do filme foge aos financiamentos estatais e procura apoio nos amantes de cinema nacional que queiram fazer diferença, assumindo um modelo de produção de baixo orçamento. O projecto já detém alguns apoios logísticos e financeiros, porém é ainda necessário uma parcela do orçamento para financiar o departamento de arte (guarda-roupa, caracterização, adereços, entre outros) tão fulcrais em produções de filmes de época. Com o dinheiro angariado, podemos levar avante esta história e retratar com o rigor necessário este período tão intrigante.

Pretende-se rodar o filme nos dias 27 de julho a 1 de agosto de 2021, na cidade de Santarém. A escolha da capital ribatejana deve-se, não só por ser a cidade natal do realizador, mas principalmente por ter um património cultural imóvel riquíssimo, que permite a criação de um ambiente histórico verosímil e, simultaneamente, um visual gótico, que vai de encontro às pretensões neo-expressionistas do filme. Espaços emblemáticos da cidade, como a Igreja da Graça, Fonte das Figueiras, Igreja da Misericórdia e Palácio Landal, serão palco do nosso filme.

 

Ficaremos eternamente gratos pelo vosso apoio. Muito, muito obrigado!

 

E claro...valha-nos Santa Engrácia!

Sobre o promotor

A 50 Cuts visa produzir e apoiar projetos na área do cinema e contribuir para a literacia fílmicada comunidade, tendo produzido quatro curtas-metragens "Red Queen", "A Fêmea", “Calipso”e “Sophia, a poeta-marinheira”, e co-produzido a curta-metragem “Porque Odeias o teuirmão?”. Paralelamente, em parceria com o Município, Juntas de Freguesias e com associaçõesculturais, realizou ciclos de cinema, promoveu conversas com realizadores e deu a conhecercurtas-metragens de jovens realizadores portugueses.

 

Sediada em Setúbal, desde 2017, a 50 Cuts tem apresentado uma programação culturalregular destinada à população em geral, nomeadamente ao público infantojuvenil (escolas dopré-escolar ao 3o ciclo), população sénior (Espaço MaiorIDADE da Junta de Freguesia de S.Sebastião e Centro Comunitário Paroquial de S. Bebastião) e cidadãos portadores dedeficiência (APPACDM Setúbal).

 

Continua a colaborar com o Município nomeadamente no “Encontro de Realizadores e Produtores de Cinema”; no “Cinema na Rua – Cultura em Movimento” e no “Film Fest –Festival de Cinema Musicado Ao Vivo”. Em 2020 dinamizou a iniciativa “Cinema ao Ar Livre”, em parceria com a Junta de Freguesia deAlcochete. É, desde 2019, membro da FPCC. De momento encontra-se na fase de pré-produção com três curtas-metragens.

 

Orçamento e Calendarização

Pretende-se rodar o filme nos dias 27 de julho a 1 de agosto de 2021, na cidade de Santarém.

Cronograma Projecto:

  • Pré-Produção: 25 de janeiro a 20 Julho

  • Produção/Rodagem: 27 a 31 de julho e 1 de agosto

  • Pós-Produção: 9 agosto a 27 de dezembro

  • Circuito de Festivais: ano de 2022

  • Distribuição em cinema: ano de 2023

 

O dinheiro angariado será utilizado para financiar o departamento de arte (guarda-roupa, caracterização, adereços, entre outros) tão fulcrais em produções de filmes de época.

  • Guarda-roupa: 1000€

  • Caracterização: 1400€

  • Adereços: 300€
  • Adereços Especiais: 200€
  • Outros: 100€

 

O projeto conta já com os apoios institucionais de várias entidades locais, nomeadamente a Câmara Municipal de Santarém, a Santa Casa da Misericórdia de Santarém e a Escola Superior Agrária de Santarém. Além disso, detém uma promessa de distribuição, em circuito de cinema, por parte da distribuidora Films4You.

 

 

 

Sáb, 19/06/2021 - 14:06

Ter, 25/05/2021 - 20:20

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Sex, 21/05/2021 - 10:08

Já somos 20

Já chegámos aos primeiros 20 apoiantes. Vamos continuar!

Qui, 20/05/2021 - 09:46

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

19/05/2021

65 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 46
    novos apoiantes

  • 19
    apoiantes recorrentes

  • 13
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade