Cerveja Artesanal Ippyfil

Cerveja Artesanal Ippyfil

Ippyfil será um Laboratório de Cerveja Artesanal que pretende desenvolver as receitas mais originais nunca antes vistas em Portugal usando sempre a criatividade aliada à ciência.

  • 1448

    angariado

    57% de 2 500€

    47 apoiantes

  • 47 dias

    para apoiar

    Registe-se para seguir esta campanha

  • Esta campanha iniciou-se em 06/05/2019 e só será financiada se angariar um mínimo de 2 500€ até 05/07/2019 - 18:00

Ippyfil será um Laboratório de Cerveja Artesanal que pretende desenvolver as receitas mais originais nunca antes vistas em Portugal usando sempre a criatividade aliada à ciência.

Ippyfil começou como uma marca amadora de cerveja artesanal criada em 2017 por Filipe Matos quando decidiu titular as suas cervejas caseiras. Mais tarde, juntou-se Inês Eugénio, estudante de Engenharia Biológica. Juntos produzimos diversos estilos até à data e tentámos sempre enriquecer cada receita com ingredientes diferentes. Hoje em dia, temos uma produção efetiva de 20L num processo totalmente manual, apenas com a temperatura de fermentação controlada eletronicamente através de um frigorífico modificado com recurso a um protótipo feito por nós.

Após mais de dois anos a fabricar cerveja resolvemos que estava na altura de evoluir, de expandir e associado à área que estudamos surgiu a ideia de criarmos um Laboratório de Cerveja Artesanal, ao qual esta campanha se destina. Pretendemos fazer uma produção de pequenos lotes com uma capacidade efetiva de 75L, onde possuímos um controlo total sobre cada etapa da produção de cerveja e a capacidade de a monitorizar.

Para tal, iremos usar o sistema HERMS (Heat Exchange Recirculating Mash Systems) que permite ter um controlo máximo sob as temperaturas em todos os passos do processo. Este sistema é composto por 3 panelas, em que uma é destinada a aquecer e armazenar água, outra dedicada à brassagem e a última à fervura. No caso da temperatura da brassagem, esta é constante através de um processo de recirculação da brasagem pela panela de água. Deste modo, iremos conseguir reproduzir qualquer receita e ter como foco, o aperfeiçoamento das mesmas e com alguma criatividade, criar a receita “perfeita”. A longo prazo, a ambição tonar-se-á na criação de receitas novas, diferentes, nunca antes feitas em Portugal.

Todo este processo será controlado eletronicamente através do software BrewPi, um controlador desenvolvido na Holanda inicialmente criado para controlar a temperatura da fermentação e agora expandido para todo o processo de fabrico de cerveja. Para além destes passos, também pretendemos controlar a temperatura de fermentação através do mesmo software e com a modificação de frigoríficos comuns.

Paralelamente, como este projeto tem como valor a sustentabilidade, iremos produzir cervejas usando ingredientes sustentáveis, começando com a produção de lúpulo biológico na nossa horta, ao mesmo tempo que iremos usar materiais sustentáveis como a cortiça.

As cervejas criadas aqui serão para aqueles que já gostam da Ippyfil e para os que ainda as irão descobrir. Tencionamos também despertar a curiosidade pela produção de cerveja organizando workshops para principiantes ou para a introdução ao sistema HERMS e a toda eletrónica associada. Por último, dar a oportunidade de desenvolver cervejas personalizadas para aqueles que gostam de ter “a sua” cerveja em casa.

Sobre o promotor

Filipe Matos:

Licenciado em Engenharia Física, Instituto Superior Técnico com Mestrado em Astronomia e Astrofísica, Universidade de Amsterdão.

Interessado em cerveja artesanal há já algum tempo, tendo começado a produzir cerveja em casa no início de 2017. Durante este período até agora, tem estado sempre motivado para aperfeiçoar cada receita e a aprender mais. Com fortes conhecimentos em programação e eletrónica e por este motivo, é o responsável pelo desenvolvimento da mesma neste projeto.

Outros interesses incluem observações astronómicas, a sustentabilidade ambiental e o desporto. Em Agosto, trabalhou como voluntário no Planet Oedipus, um festival de cerveja artesanal em Amesterdão, onde colaborou com a To Ol. Para além disso, neste evento teve a oportunidade de provar centenas de cervejas em edições especiais e ainda, de conhecer pessoas espetaculares nesta área. Recentemente no seu retorno a Portugal trabalhou num brewpub em lisboa onde teve a oportunidade de conhecer o mercado português assim como produzir em média escala. 

Inês Eugénio:

Licenciada em Engenharia Biológica no Instituto Superior Técnico onde está a concluir o Mestrado na mesma área. 

Membro do Clube de Cervejeiros do IST desde 2017.

Actualmente estagiária na Central de Cervejas e Bebidas onde faz a sua tese de mestrado.

Durante o seu percurso académico fez 2 estágios de verão, um na área de controlo de qualidade alimentar na empresa Silliker e o segundo relacionado com o controlo da qualidade da água de Monchique na empresa Águas de Monchique.

Conhecimentos avançados em microbiologia, fermentação, processos industriais e indústria alimentar. Devido à sua formação é considerada como a responsável pela investigação feita neste laboratório, analisando assim, o comportamento de leveduras em diferentes condições.

Sempre que pode, dispensa uma tarde da semana para ajudar na União Zoófila.

Orçamento e Calendarização

Julho 2019 - Encomendar todo o material necessário:

  • Inclui todo o material "básico de cerveja": Panelas (100L) + Canalização (tubos, canos, torneiras, adaptadores) + Arrefecedor + Acessórios -> 1000€
  • Material elétrico: Bombas + Aquecedores -> 500€
  • Material eletrónico: Termómetros, Relays, Controlador BrewPi e acessórios -> 1000€

Julho 2019 - Inico da montagem no local

Agosto 2019 - Finalização da montagem e primeiros testes.

Setembro 2019 - Início da produção

Todo o dinheiro recebido será investido neste projeto. No caso de a campanha ultrapassar o seu objectivo iremos optar por adquirir materiais de melhor qualidade e durabilidade, podendo mesmo aumentar a capacidade de produção.

Facebook

Seg, 20/05/2019 - 01:31

Qui, 16/05/2019 - 17:02

50% alcançado

A campanha reuniu metade do objectivo. O copo está agora mais cheio do que vazio ;)

Seg, 06/05/2019 - 21:36

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

06/05/2019

47 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 41
    novos apoiantes

  • 6
    apoiantes recorrentes

  • 3
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade