Uma série infantil que melhora a saúde mental das crianças

Uma série infantil que melhora a saúde mental das crianças

Ginja: Vídeos educativos para todas as crianças em Portugal aprenderem a navegar as suas emoções.

  • 3390

    angariado

    16% de 20 000€

    44 apoiantes

  • 8 dias

    para apoiar

    Registe-se para seguir esta campanha

  • Esta campanha iniciou-se em 29/07/2021 e só será financiada se angariar um mínimo de 20 000€ até 27/09/2021 - 18:00

Ginja: Vídeos educativos para todas as crianças em Portugal aprenderem a navegar as suas emoções.

Resumo

O Ginja (www.ginja.org) é uma série infantil pedagógica e lúdica que explica emoções às crianças, desenvolve competências socio-emocionais ("SEL", "Social and Emotional Learning") e melhora a saúde mental. Pensado para famílias e escolas que valorizam a inteligência emocional e com crianças entre os 5 e 10 anos, fornece 18 vídeos, canções, sugestões de conversa entre adultos e crianças, actividades manuais e podcasts educativos e de qualidade. As personagens dos vídeos são fantoches e a personagem principal é o Ginja. Cada dia de actividade leva entre 10 minutos e 1 hora a completar. Famílias e escolas podem usar o Ginja de forma autónoma, flexível e ao seu próprio ritmo (na verdade até as crianças).

Começámos durante a pandemia em Junho de 2020 e temos avançado com trabalho voluntário e fundos próprios. Demos 11 mil euros e um ano de trabalho a tempo inteiro de uma pessoa para produzir estes conteúdos.

Não fazemos o Ginja por dinheiro, mas precisamos de dinheiro para fazer face às despesas e poder produzir novos episódios. Se quer ajudar o Ginja a continuar por mais um ano, pode ajudar na aba "recompensas."

O que precisamos

Queremos fazer a segunda temporada do Ginja. A primeira temporada foi sobre consciência emocional; a segunda será sobre regulação emocional e acreditamos que terá conteúdos ainda melhores.

O valor de mercado do nosso trabalho neste ano foi cerca de 70 mil euros, 50 mil para a produção do conteúdos (2h30 de áudio e vídeo, 19 canções, 18 actividades manuais, e 18 grupos de sugestões de conversa) e 20 mil para o site (design gráfico, programação, segurança informática).

Para continuar por mais um ano, precisamos de pelo menos 20 mil euros até 27 de setembro, o que cobre sobretudo o salário de uma pessoa a tempo inteiro:

  • se chegarmos a 20 mil euros até 27 de setembro, faremos a segunda temporada do Ginja;
  • se não chegarmos a 20 mil euros até 27 de setembro, não faremos a segunda temporada do Ginja e devolvemos todo o vosso dinheiro.
Outras formas de ajudar

O maior sucesso num ano de trabalho foi esta comunidade que construímos e de que nos sentimos orgulhosos. Sabemos o carinho que todos têm pelo Ginja! Podem ajudar-nos de outras formas:

  • Se têm crianças dos 5 aos 10 anos, usem os vídeos em www.ginja.org, que tem 4 episódios gratuitos;
  • Falem do nosso projecto aos vossos amigos e familiares;
  • Usem as ferramentas de partilha do PPL;
  • Sigam-nos nas redes sociais: Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, Pinterest;
  • Entrem em contacto se tiverem outras ideias, como medição de impacto, marketing ou divulgação.

Sobre o promotor

Equipa

A nossa equipa tem uma médica de família, duas actrizes e um engenheiro. A campanha cobre sobretudo o salário a tempo inteiro do engenheiro, Miguel Morin, para continuar a fazer vídeos e manter o site.

Miguel Morin é um empreendedor social com formação em informática (licenciatura da Ecole Polytechnique, Paris; engenheiro em inteligência artificial no Alan Turing Institute, economia (Doutoramento de Columbia University, Nova Iorque) e educação (pós-doc em economia das tecnologias e em intervenções de educação infantil na Universidade de Cambridge, Reino Unido. A tese de doutoramento analisou a substituição de empregos por computadores nas últimas décadas e por electricidade durante a Grande Depressão. Também tem formação em realização de cinema, produção de áudio, e produção de vídeo.

Previamente, inventou, desenvolveu, e lançou Puzzli, um "brinquedo inteligente" com patente pendente, para ensinar crianças a ler. Também inventou vários brinquedos para crianças que publicou no Thingiverse.

Podem saber mais sobre a equipa no site do Ginja.

Impacto

Num ano de trabalho do Ginja, conseguimos o seguinte impacto:

  • 1.100 famílias que utilizaram os vídeos
  • 250 educadores

  • 23 escolas

  • 9 mil crianças

  • 15 mil visualizações dos episódios

Aqui fica uma história verídica sobre como uma criança usou os nossos vídeos na sua vida real:

Era uma vez um menino de 4 anos com leucemia, uma doença grave. Ia todos os meses ao Instituto Português de Oncologia para ter um tratamento de quimioterapia. Tinha muito medo das agulhas e costumava gritar e espernear no consultório quando chegava a hora. Depois ele viu o episódio 8, em que o Ginja mostra que não podemos controlar os acontecimentos mas podemos sempre escolher o nosso comportamento. Na próxima visita, ele respirou fundo, disse "eu posso escolher" e ficou sentado sem se mexer durante a picada. Olhava orgulhoso para a mãe e dizia, "Portei-me bem, não portei?" A mãe concordou, muito emocionada. As enfermeiras achavam que parecia outra criança. No mês seguinte, também se portou muito bem. Até o médico na consulta notou a diferença e perguntou à mãe, "O menino cresceu e mudou muito, o que aconteceu?"

Orçamento e Calendarização

O custo tangível de produção em material e despesas é baixo, à volta de 2 mil euros. A maioria do custo é o salário de uma pessoa a tempo inteiro. 

Para entrar dinheiro numa empresa, a empresa precisa de facturar. Uma empresa em Portugal requer contabilidade organizada (123 euros por mês) e um sócio-gerente, que requer pelo menos o ordenado mínimo (665 euros por mês), que requer segurança social (156.75 euros por mês) e seguro de trabalho (70 euros). Para um ano, os custos administrativos são €11,407. Para facturarmos isto, temos que cobrar IVA, o que acrescenta 23%, e as comissões do PPL de 9.225% (5% de plataforma e 2.5% de processamento de pagamentos, mais IVA).

Apesar de 20 mil euros parecer elevado para Portugal, se não conseguirmos angariar esse valor, não nos faz sentido continuarmos a operar em Portugal, e tentaremos ir para o estrangeiro e fazer a série noutras línguas.

Por um lado, temos muitos testemunhos e histórias verídicas sobre como o Ginja está a mudar a vida das crianças e que nos incentivam a continuar. Por outro lado, ainda não pedimos dinheiro ao nosso público, e achamos justo pedir uma contribuição antes de abandonarmos o projecto ou darmos prioridade a línguas estrangeiras.

O nosso objectivo é perceber se os benefícios do Ginja para o nosso público justificam os custos que nós temos, e estimamos estes custos em 20 mil euros para o próximo ano. Por isso escolhemos este montante como "tudo ou nada": se não conseguirmos angariar, devolveremos o vosso dinheiro na íntegra.

Salário de uma pessoa a tempo inteiro: €12,000

Custos de contabilidade: €1,476

Custos de material e produção: €1,284

Subtotal: €14,760

IVA: €3,395

Comissões PPL e de pagamento: €1,845

Total: €20,000

Seg, 20/09/2021 - 02:23

Qui, 16/09/2021 - 17:46

Obrigado a todos os que já

Obrigado a todos os que já contribuíram! A nossa campanha só tem mais 10 dias e por isso pedimos a vós, seguidores e apoiantes que sabem melhor que ninguém o valor educativo do ...

Ler mais

Sáb, 07/08/2021 - 21:21

Já somos 20

Já chegámos aos primeiros 20 apoiantes. Vamos continuar!

Sex, 30/07/2021 - 22:50

Primeiros cinco apoiantes

Reunimos os primeiros cinco apoiantes. Força!

Lançamento da campanha

29/07/2021

Junta-te a nós para poderes participar nesta campanha. Criar conta

  • Miguel Morin

    Obrigado a todos os que já

    Obrigado a todos os que já contribuíram! A nossa campanha só tem mais 10 dias e por isso pedimos a vós, seguidores e apoiantes que sabem melhor que ninguém o valor educativo do Ginja, para divulgarem junto de pessoas como vós que também valorizam a saúde mental e desenvolvimento emocional. Muito obrigado!

    Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

44 membros da comunidade PPL
apoiam esta campanha

  • 29
    novos apoiantes

  • 15
    apoiantes recorrentes

  • 8
    apoiantes anónimos

Conhece quem está a tornar este sonho realidade