50 Anos Alouette III na Força Aérea

Alexandre Coutinho – André Garcez

Em 2013, data em que se celebraram os 50 Anos do Alouette III ao serviço da Força Aérea, o jornalista Alexandre Coutinho e o fotógrafo André Garcez, propuseram-se recordar as memórias de um dos mais emblemáticos aparelhos da história da aviação portuguesa contemporânea.

O livro “50 Anos Alouette III na Força Aérea” foi lançado pela editora Contra a Corrente, vocacionada para os livros de prestígio, de empresa ou de autor.
Em 2011, coordenou a edição do livro “F-16 Falcões e Jaguares” e, mais recentemente, editou o livro “TAP Air Portugal”, dos mesmos autores.
Mais do que um simples livro de história, a obra “50 Anos Alouette III na Força Aérea” constitui uma memória viva para todos os que o pilotaram, voaram e foram salvos por este aparelho. O mais notável é o facto de o Alouette III ainda permanecer ao serviço da Força Aérea, sempre pronto a desempenhar as missões que lhe são confiadas: da formação e treino dos pilotos militares de helicópteros, à vigilância e salvamento, passando pela exibição acrobática, com os Rotores de Portugal.

O Sud-Aviation SE 3160 Alouette III foi projectado a partir do Alouette II e surgiu como um helicóptero de fins gerais. Entre outras, pode ser usado em acções de assalto, salvamento, evacuação sanitária, patrulhamento, transporte, apoio no ataque a incêndios e instrução de voo. Está equipado com um trem de aterragem fixo, de rodas, sendo possível a instalação de um trem de flutuadores. Tem capacidade para transportar 6 passageiros (além do piloto) ou 2 macas e 2 passageiros, ou 800 Kg de carga interna, ou ainda 750 Kg de carga suspensa.
No tocante a armamento, pode ser apetrechado com um canhão lateral de 20 mm de calibre e um sistema de lança-foguetes com capacidade para 12 foguetes de 2,75". O ALIII é operado pela Esquadra 552 “Zangões” da Base Aérea de Beja - BA11.

A estrutura de capítulos do livro “50 Anos Alouette III” pauta-se, naturalmente, por ser uma obra histórica e técnica de referência no panorama dos livros de aviação. Depois de um capítulo inicial dedicado à história do desenvolvimento do aparelho, uma boa parte é reservada à operação de dez anos em teatro de guerra no Ultramar (1963-1974), com a recolha de testemunhos de antigos e actuais militares portugueses.

Preço: 
30,00 €